Bobagens que ouço sobre o vinho brasileiro

GUATAMBU

Estamos na Guatambu Estância do Vinho, com uma linda paisagem de um novo terroir do vinho brasileiro, a Campanha Gaúcha, região que margeia a fronteira com o Uruguai, no extremo sul do Brasil.

E não vai aqui qualquer discussão sobre complexo de vira-lata, de menosprezo ao que é nosso. Bebo vinho brasileiro porque gosto. Entendo um pouco de vinho e aprecio porque me dá prazer e ponto final.

Amigos se encontraram aqui para apreciar, entre outros vinhos e espumantes, um Tannat brasileiro com muito orgulho.

Continuar lendo

Anúncios

QUAL O CHARME DO VINHO BRASILEIRO?

BRASILO VIDEIRAS ANTIGAS

Pois é, além da bela foto deste vinhedo muito antigo, da década de 50, em Flores da Cunha/RS, certamente o nosso vinho tem algumas peculiaridades únicas.

Como apreciador de vinho, consultor e escrito de vinhos procuro não ter restrições quanto à experimentar novos vinhos, seja de onde vierem.

Falo, aqui dos vinhos da região sul, sabendo que há outras regiões produtoras, mas a grande maioria dos vinhos nacionais  são aqui  produzidos.

Continuar lendo

BRASIL CAMPANHA GAÚCHA – MELHOR TERROIR PARA A TANNAT

BRASIL CAMPANHA GAÚCHA

A Campanha gaúcha é a região em verde no mapa. Quase toda a linha de fronteira com o Uruguai e parte da Argentina. Tão grande é a região que já as dividimos em duas. A Campanha oriental, na fronteira com a Argentina e a Campanha propriamente dita.

Região das grandes fazendas, do gaúcho estilizado, aquele que é, por muitos chamado de Centauro dos Pampas.

Por falar em pampa esta é uma  região pastoril de planícies com leves ondulações e possui, talvez o melhor pasto do mundo. Espalha-se por parte da Argentina e todo o Uruguai, vejam a foto. E, certamente, dali sai a melhor carne do mundo.

BRASIL PAMPA

Mas além das pastagens únicas no mundo a Campanha tem um clima muito demarcado, pode-se até considerá-lo um clima continental. Muito frio no inverno e no verão muito sol e calor de dia, a noite refrescando nos locais mais altos. O solo muitas vezes rochoso são ideais para o plantio da uva.

Mas falando em vinhos, certamente, não se pode esquecer a empresa inovadora e pioneira na região, a antes multinacional Almadén que instalou-se na cidade fronteiriça de Santana do Livramento,  aos pés do Cerro Palomas.

De Livramento, no epicentro da Campanha, no início de 1974 a Almadén iniciou um grandioso projeto, após mais de 10 anos de preparação e seleção de variedades de uvas começaram o produzir os primeiros vinhos na Campanha gaúcha. As uvas plantadas são  Riesling, Ugni Blanc, Gewürtztraminer, Cabernet Franc, Merlot e Cabernet Sauvignon. A Almadén foi recentemente adquirida pela Miolo Wine Group.

BRASIL VINHO 1

Hoje temos vários pequenos e médios produtores espalhados por toda a Campanha, seja ela oriental, como a Vinícola Campos de Cima, em Itaqui, como em Dom Pedrito, com a Guatambu. Interessante destacar que os vinhos ali produzidos estão alcançando qualidade internacional.

Gosto muito dos vinhos de  Merlot e da branca Gewürtztraminer.

Com calma vou apresentar posts com os vinhos que mais gostei desta região do Brasil.

Por fim é importante destacar que a Campanha está no mesmo paralelo de grandes produtores mundiais de vinho como Mendoza, Santiago, Cidade do Cabo e Austrália. O que, dá indícios de boas condições de produção de vinhos de qualidade, por certo aliado a outras quesitos.

Mas, a grande uva desta região é a Tannat. De gata borralheira na França, Madiran onde nasceu para rainha no Uruguai onde adaptou-se muito bem.

O clima mais ensolarado e quente no verão em comparação com o de Canelones nos arrabaldes de Montevidéo colaboram para um Tannat mais frutado e aromático. Menos rústico e rascante como é o tradicional desta casta bastante tânica em sua origem.

Podem ter certeza que ela está muito bem adaptada.

TERROIR BRASIL – SERRA CATARINENSE – UVA CHAVE – SAUVIGNON BLANC

BRASIL MAPA DO VINHO 1

O Senhor dos vinhedos é o terroir que pode ser entendido como Solo + Clima + Geografia + Intervenção Humama. Pois bem, vou aqui retratar as uvas que eu entendo ícones para cada um deles.

Começando pela Serra Catarinense. Sei que há condições para várias uvas tintas e brancas e o espumante. Sei. Mas aqui quero expressar uma opinião pessoal, apenas.

A Sauvignon Blanc  está espalhada pelo mundo todo. Na França tem papel fundamental em Bordeaux, tanto entre os vinhos brancos tranquilos como no ícone Chateau D’Yquem e todos os vinhos atacados pela Botrytis Cinerea, a podridão nobre.

Continuar lendo

POR QUE O TERROIR DA SERRA GAÚCHA É UM DOS MELHORES DO MUNDO?

MAPA DO VINHO RS

Este é o mapa do sul do Brasil, país continental, mas somente na sua parte meridional há boas condições para o plantio de vinhedos de alta qualidade. Sei que no paralelo 8 no nordeste brasileiro temos vinhedos de Moscatéis e Syrah, mas o objetivo desta publicação é falar sobre as excepcionais condições para a produção de espumante, principalmente, na Serra Gaúcha, temos excelentes exemplares na fronteira, Campanha e Serra do Sudeste e no Planalto Catarinense, mas não na variedade, quantidade e qualidade que vêm da Serra Gaúcha.

As condições de terroir, clima + solo, nos proporcionam, como poucos lugares neste mundo, um perfeito amadurecimento do fruto, sem perder a acidez, elementos essenciais para a qualidade da uva que servirá de vinho base. Uva equilibrada não precisa de intervenção química para equilibrar o espumante.

Continuar lendo

BOBAGENS QUE OUÇO SOBRE VINHO BRASILEIRO

GUATAMBU

Estamos na Guatambu Estância do Vinho, com uma linda paisagem de um novo terroir do vinho brasileiro, a Campanha Gaúcha, região que margeia a fronteira com o Uruguai, no extremo sul do Brasil.

E não vai aqui qualquer discussão sobre complexo de vira-lata, de menos prezo ao que é nosso. Bebo vinho brasileiro porque gosto. Entendo um pouco de vinho e aprecio porque me dá prazer e ponto final.

Amigos se encontraram aqui para apreciar, entre outros vinhos e espumantes, um Tannat brasileiro co muito orgulho.

Continuar lendo

GUATAMBU – ESTÂNCIA DO VINHO

SAGA DO VINHO BRASILEIRO GUATAMBU

Pois bem, fui convidado para a inauguração daquela que é a mais moderna vinícola brasileira. Fincada no coração do pampa gaúcho. Um projeto ousado, pensado e realizado.

Uma vinícola que irá mudar o perfil da região.

Me lembrou outro gaúcho pampeano Mário Quintana:

“Se as coisas são inatingíveis, não é motivo para não as querer. Que tristes os caminhos se não fosse a presença mágica das estrelas.”

Continuar lendo