A Primeira Vez No Vinho (Parte 02) Vocabulário Essencial


italia-toscana-vale-dorcia

Em sequência a série Primeira Vez no Vinho agora vou abordar o Vocabulário Essencial. Aqui, necessariamente, temos que abordar três palavras básicas e que aparecerão eternamente quando falarmos de vinho. O Terroir, os Taninos e as Barricas de Madeira. São palavras cujo sentido devem ser incorporados ao dia-a-dia dos amantes do vinho.

O TERROIR – O SENHOR DA VINHA

Por terroir podemos entender: Clima + Solo + Topografia + Intervenção Humana. O conjunto será o Terroir. Entretanto, terroir no francês antigo quer dizer terra e tinha conotação diminutiva do vinho,  ao contrário de hoje. Surgiu na Borgonha, França quando da determinação dos Gran Cru, Cru e Village. Regiões demarcadas para cada qualidade de vinho. Estas demarcações as vezes excluem quem está logo ao lado. Eles não poderiam ostentar tal ou qual qualificação nos seus rótulos. Ora, quem ficou de fora não estava no terroir demarcado, porém, estava no grande terroir da Borgonha. Na grande terra da Borgonha, assim começou a expressão terroir. Vinhos da terra da Borgonha.

Hoje terroir como estes da foto, no caso Vale D’Orcia, Toscana, Itália, vão muito além desta história ou mesmo de jogadas de marketing. O terroir, realmente, define a qualidade do vinho. Ele determina quais uvas e estilos de vinhos se adaptam melhor a este ou aquele local. Assim nasceram terroir consagrados no mundo como Colchagua, Chile, Douro, Portugal, entre outros.  

Mas como ele realmente influencia? Ele nos trará uvas equilibradas. Uvas equilibradas precisam de menos intervenção química na hora da elaboração nos trazendo vinhos melhores.

DESCUBRA QUEM É O SENHOR DA VINHA

TANINOS

Taninos são alcalóides presentes nas cascas, sementes e partes verdes da uva. De sabor amargo nos trazem a sensação de banana verde na boca. Servem para proteção do fruto para que não sejam consumidos pelos animais antes de maduros. No vinho muito mais presente nos tintos que nos roses e brancos. O contato das cascas com o mosto levará ao vinho o tanino. Solúvel em água ao exemplo do chá preto é amargo. Junto com a fruta e a acidez faz o tríplice equilíbrio dos tintos. Acidez, fruta e taninos. Responsável, também, pela longevidade aos tintos. 

TANINOS – SUA IMPORTÂNCIA 

OS TANINOS E A HARMONIZAÇÃO DOS VINHOS 

AS BARRICAS

Por fim as barricas. Matéria altamente importante no conhecimento dos vinhos. As barricas, nem sempre essenciais, servem entre outros motivos para domar os taninos e, digamos, temperar os vinhos. Em geral são de carvalho americano ou francês. 

Tem, na verdade 5 funções básicas:  Arredondar os taninos do vinho. Fornecer taninos. Estabilizar a cor dos vinhos. Fornecer aromas. Efetuar a micro oxigenação.

A leitura do destaque abaixo é essencial.

A BARRICA O TEMPERO DO VINHO 

Depois da história do vinho. Suas principais uvas e método de elaboração. Vimos neste capítulo o vocabulário essencial. Na próxima publicação a apresentação do vinho com as análises sensoriais: Visual, Olfativa e Gustativa. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s