Descubra um par perfeito. Culinária do Alto Ádige e os Brancos Aromáticos


ITÁLIA TRAMIN

Neste lindo vinhedo com a vila de Tramin ao fundo está a espera da colheita a Gewürtztraminer, nome alemão, uva italiana, justamente desta cidade Tramin, no Alto Ádige e dá-se maravilhosamente bem em terroir francês, na Alsácia. Certamente esta uva é a mais nobre representante de uma família de uvas aromáticas, a família Tramin.

Vimos nas publicações anteriores o perfeito equilíbrio nos vinhos brancos entre açúcar (natural do fruto) e acidez. Quanto mais ácida for a uva, indicativo de locais de clima ameno, mesmo maduras, menos açúcares terão. Típicos vinhos Brancos Leves, leia aqui.  Menos açúcar, menos álcool, mais leve o vinho. Aromas mais íntimos e delicados de frutos cítricos. O Equilíbrio da gangorra entre acidez e açúcar por excelência são os vinhos que representam o Estilo Brancos Frutado, leia aqui.

Agora estamos exatamente no outro lado da gangorra. A acidez é a menor possível. Mais açúcares nos trará vinho mais alcoólico, mais amanteigado, (encorpado) e menos acidez. Porém, uma explosão de aromas. Do frutado ao floral. Típico mundo das uvas brancas com casca avermelhada. É o Estilo Branco Aromático. Da qual a Gewürtztraminer é a mais conhecida representante.

Aqui a grande oportunidade de demonstrar o terroir. Sua influência no Estilo de Vinho, leiam aqui. Podemos perfeitamente harmonizar pratos típicos da culinária do Alto Ádige com os Gewürtztraminer de Tramin, da Alemanha ou da França. Estas variações de estilo e de pares com a gastronomia é uma passatempo lúdico e agradável.

Porém, precisamos entender as características básicas dos Brancos Aromáticos, as saber. Baixa acidez, encorpado (amanteigado), aromático e mais alcoólico, algo em torno de 13%.

Casam bem com que tipo de pratos? Massas com molhos brancos, evitem os molhos vermelhos (tomate) prefira os molhos brancos com ervas aromáticas. Na harmonização de contraste, casam bem com produtos mais salgados. Experimente uma entrada típica do Alto Ádige. Um Gewürtztraminer com presunto cru ou um salame. Perfeito. Sal com doçura. Perfeito. Outro par perfeito é um branco aromático em pratos que levem ervas aromáticas, mais uma vez perfeito. 

Depois de relembrar as características de um Vinho Branco Aromático. Vamos destacar algumas uvas internacionais que representam este estilo, na perfeição.

GEWÜRTZTRAMINER: Nome alemão, mas nasceu em Tramin, Alto Ádige, norte da Itália, antigo Süd Tirol do Império Austro-Húngaro. E faz sucesso na Alsácia, França. Gewürtz (especiaria), Tramin (cidade) o sufixo ER, originário de algum lugar. Assim é a especiaria de Tramin. De cor amarelo dourado. Vinho muito aromáticos com baixa acidez. Aromas que vão de frutas aos frutos secos passando pelos toques florais. 

RIESLING: Veja aqui em detalhes. Para mim a mais espetacular uva branca. A única que consegue transitar em todos os Estilos de Vinhos Brancos, desde os Refrescantes, Frutados e os Aromáticos, isto com sua acidez elevada, porém ela tem sempre um açúcar residual dependendo do terroir onde estão os seus vinhedos. Nestes locais mais quentes da Alemanha e na Alsácia ganham corpo, aromas, volume na boca e são vinhos bastante longevos com muitas variações aromáticas ao longo de seus 10 12 anos de garrafa. Quando jovens aromas cítricos de lima, com a idade passam aos florais como Jasmin e ao final mel e frutos secos como Tâmaras e Damasco. 

MOSCATO: A Moscato, veja aqui é sem dúvida alguma a essência dos vinhos aromáticos. Não se apresenta em nenhum momento em outro Estilo de Vinho Branco que não os Aromáticos. Serve de base para inúmeros tipos famosos de vinhos doces como os Moscatéis de Setúbal, Portugal, O Tokaji, Húngria e o Vin Santo da Itália, sempre aportando a estes vinhos sua bela carga aromática.

TORRONTÉS: Originária da Galícia, Espanha, foi na mala de algum imigrante ou missionário para o norte da Argentina. Detalhes aqui. Uva bastante aromática, mas que mantém uma saudável acidez o que a posiciona, na nossa gangorra de acidez x açúcar logo após o Estilo de Vinho Branco Frutado. Porém recomendo, sempre, os vinhos com uvas Torrontés vindas de Salta, extremo norte da Argentina em vinhedos plantado em alturas médias de 1500 metros. Ausência de chuvas, irrigação pelos canais e rios dos deságues dos Andes, grande período de insolação com variação de temperatura entre o dia e a noite no verão, algo em torno de 15 graus, nos traz um terroir perfeito para esta casta única no continente americano.

VIOGNIER: Uva nativa do norte do vale do Rhône, França, mais especificamente em Condrieu. Quase extinta tempos atrás, sua única utilidade era um corte de 20% nos tintos robustos de Syrah da vizinha Côtie Rotie. Hoje, trabalhada com esmero tem em Condrieu um sub-região demarcada onde alcança o esplendor, Château Grillet. Nos traz um vinho untuoso, acidez contida, aromas de damasco, pêssego e toques florais e perfumados, para saber de mais detalhes clique aqui. 

A culinária do Alto Ádige é um amálgama entre a alemã e a italiana. Terra bilíngue foi durante muito tempo posse da Áustria e seu poderoso Império. Cultura, música, idioma, culinária e vinhos. Tudo muito próximo da Alemanha e Áustria, porém com sua característica única de Alto Ádige. Pares perfeito? Um presento cru. Um salame. Um lombinho de porco com molho agridoce, pode ser de Damascos. Tudo na completa harmonia. 

RAVIOLLI ALTO ÁDIGE

Este um raviolli regional típico da culinária local. Podem pensar em toques de molho branco com ervas aromáticas e uma leveza de recheio, o espinafre. Par perfeito com as aromáticas.  Pensem numa tora de maçã, por lá e no sul do Brasil chamada de Apfelstrüdel. Combinação ideal para uma sobremesa.

032

O vinho? Quem sabe este Gewürtztraminer alsaciano? Uma excelente pedida que temos na Wine In Pack. Delícia que combina na perfeição com a s combinações que falei acima.

Fiquem com o Alto Ádige.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s