Encontre seu Espumante Refrescante


???????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Chegamos nos três Estilos de Espumantes: O Refrescante, o Encorpado e o Aromático. Os estilos de espumantes são os mais difíceis de definir eis que é o vinho mais suscetível  a mudar de estilo pela atuação do homem, através das técnicas de elaboração ou pela forte influência do terroir, como temos visto na última publicação, leia

Entretanto, temos linhas mestras que nos demonstram os três caminhos para os Estilos de Espumantes, veremos. No primeiro deles, o Refrescante, toda a ideia do produtor, desde a escolha das uvas corretas para determinados terroir, passando pelos cuidados com a videira, até as técnicas de elaboração, tudo pensado e planejado para que preservemos a fruta, o frescor e a vivacidade deste Estilo de Espumante.

Sempre que pensarmos em frescor, vivacidade e fruta de um vinho há que se ter uma perfeita harmonia entre a acidez e o açúcar.  O exemplo da gangorra que vimos aqui se repete. Quanto mais acidez mais frescor, menos álcool e mais leve será o espumante.  Quanto mais açúcar, mais peso e álcool teremos.

O terroir mais adequado para este estilo de espumante será aquele onde poderemos ter uvas perfeitamente maduras mantendo níveis excelentes de acidez. Este, necessariamente, será de regiões mais frias mesmo no auge do verão, principalmente a noite para que os vinhedos descansem somado ao tempo necessário de insolação. A Serra Gaúcha, Rio Grande do Sul, Brasil é um dos melhores que há. Veja aqui. Franciacorta, Lombardia e Vêneto, Itália, Minho em Portugal, Alsácia na França e Catalunha, Espanha com seus Cavas, são alguns dos sítios a que me refiro.  

Como é a característica deste Estilo de Espumante?

Na parte aromática eles são cítricos, algo lima-limão, maçã verde e um toque herbáceo. Na boca leves com acidez marcante, mas não agressiva, menor percentual alcoólico elaborados pelo método Charmat, veja aqui, para preservar esta jovialidade.

Alguns produtores optam por uma só fermentação na garrafa. Isto é do vinho base teremos o espumante sem escalas. Leiam aqui.

AS UVAS

Sem esquecer que a maior influencia que um vinho possa ter em seu estilo será, sempre, a uva. O DNA da uva será a alma e essência do vinho a ser elaborado. Aqui não será diferente. Há uvas especialíssimas para os Espumantes Refrescantes porque são ao final de seu ciclo estarão maduras, mantendo acidez e açúcares em níveis próximos da perfeição. Seguem algumas delas:

CHARDONNAY: A rainha das uvas brancas, leia aqui. Extremamente versátil, perfeitamente adaptada aos mais variados terroirs quando pensada para ser base de Espumantes Refrescantes cumprirá seu papel com galhardia e competência. Os Espumantes elaborados com esta casta, seja em corteou mesmo varietal preservarão os índices adequados de acidez com a quantidade certa de açúcares. Tudo para que seja preservado exatamente o que se quer. Vivacidade e frescor no espumante.

RIESLING: A grande uva da Alemanha, Áustria e França, vejam aqui. Uma das únicas uvas que mantém níveis de acidez e açúcares mantendo baixo percentual de álcool que transitam em todos os estilos de vinhos brancos, desde os Leves até os grandes vinhos doces como os Ice Wine e os atacados pela Botrtytis Cinerea. Aqui nos interessa o seu trabalho na base de um dos grandes espumantes na França, o Crémant d’Alasacie como veremos adiante.

ALVARINHO: A uva branca de excelência do Minho, norte de Portugal e Galícia, Espanha. Está por detrás dos belos Vinhos Verdes. Junto com a Avesso nos trazem belos espumantes citrinos e refrescantes.

PROSECCO: Tanto é chamada de Prosecco como de Glera. Nos traz o Espumante Refrescante por excelência do Vêneto. Leia aqui. Uva com belos índices de acidez, mesmo quando maduras, pouco aromáticas e com equilíbrio perfeito entre açúcares e álcool.

MACABEO: Originária do norte da Espanha, Rioja, onde é conhecida como Viura. Desceu para o litoral do Mediterrâneo onde ganhou o nome de Macabeo e graças a sua acidez viva é coluna dorsal dos grandes Cavas, os espumantes espanhóis.

OS ESPUMANTES

PROSECCO: A Prosecco (Glera) é uma casta que produz um espumante seco, de cor amarelo clarinho ou branco, nível médio alto de acidez, aromática e refrescante. Ideais para acompanhar pescado no final de uma tarde quente de verão. Mais informações aqui.

CRÉMANT D’ALSACE: Crémant são espumantes franceses que estão fora da região demarcada de Champagne. Leia aqui. Estes são feitos com as uvas tradicionais da Alsácia em varietal ou blend (corte). O tradicional Crémant d’Alsace é feito com a Pinot Blanc. A Riesling traz notas mais ácidas e frutados, a Pinot Gris ou Grigio (Itália) riqueza e volume. Porém, todos eles preservam a característica do Estilo Espumante Refrescante: Frescor e vivacidade.

CAVAS: O famoso espumante espanhol. Em Penedès, na Catalunha, perto de Barcelona alturas médias de 500 metros, recebendo as brisas do Mediterrâneo com noites frias ideais para o lento amadurecimento das uvas. Resultado final? Um espumante de cor amarelo-limão, aromas muito cítricos e a vivacidade que se procura.

SERRA GAÚCHA: Um grande exemplo de Espumantes no Estilo Refrescante são os elaborados na Serra Gaúcha tendo em corte ou varietal a Chardonnay. Este terroir consegue uvas perfeitamente maduras mantendo a citada acidez que nos trará vida na taça. Um belo exemplo é a Bee que já falei antes. Para relembrar

HARMONIZAÇÃO

Como são espumantes leves por serem mais ácidos e com grau alcoólico menor, necessariamente, vamos combiná-los com pratos leves, principalmente, frutos do mar.  Lembrando que a acidez casa-se, na perfeição, com o sal. E frutos do mar são salgados, por certo. Por fim quero lembrar que estes espumantes não devem ser escolhidos entre os Demi-Sec ou Doces. Quanto mais açúcar tenhamos no espumante, menos ácido ele será, consequentemente, menos refrescante. 

Por fim, há certos frutos do mar, como ostras, possuem uma mineralidade realçada. Mineralidade que vai combinar com o toque mineral que estes espumantes têm. Fim de tarde, relax, amigos, culinária e música boa.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s