DICAS PARA ENTENDER DE VINHOS


ANGHEBEN 3

Sigam estas dicas, não tem erro.

Certamente para um enófilo novato ou mesmo um consumidor eventual de vinhos a confusão inicia quando entra numa loja especializada ou nas grandes prateleiras dos mercados. São centenas de rótulos. Alguns facilmente legíveis outros quase em código.

O desespero continua quando o vendedor, sommelier ou proprietário aproxima-se e pergunta. Qual o vinho que vais querer? Posso ajudar? Como iniciar um roteiro seguro para otimizar o estudo e começar a entender o jargão do mundo do vinho?

Vou ajudá-lo. Eu comecei assim.

TENHA UM ESTILO INICIAL DE VINHO

Vejam os vinhos aí da foto. Todos elaborados pelas mãos precisas da Família Angheben.

Um melhor que o outro. MAS TOTALMENTE DIFERENTES ENTRE SI. Qual destes vai de agradar mais? Na vinícola Angheben é fácil, pois todos são abertos para provas.

Mas e se eu estiver numa loja? Como fazer?

Se eu tiver um estilo de vinho que me agrada fica mais fácil. Inicie com um estilo, tipo, vinho tinto. Mas qual vinho tinto, todos? Não, claro que não. Não gosto de sentir, por exemplo, a boca amarrada depois que bebo tinto. Ah, isto é o tanino presente nas sementes e casca da uva. Serve de proteção ao fruto para que não seja comido antes de maduro. Aquela sensação de banana verde na boca. Bem se não gosta de taninos mais presentes, precisamos ver uvas tintas com menos taninos. A mais conhecida delas é a Pinot Noir. Nos traz vinhos tintos de médio corpo, com cor mais translúcida e na boca suavidade. Ótimo gosto deste estilo de vinho. Então…

ESTUDE, LEIA E ENTENDA DA UVA QUE GOSTOU

Isto, leia blogs, livros, vá atrás de informações, procure se dedicar a esta uva que te deu prazer. Num primeiro momento esqueça aquele mar de rótulo e se fixe nela. Onde ela está, quem faz o melhor Pinot Noir, procure dentro da saúde de seu bolso comprar e, principalmente, COMPARAR regiões diferentes que produzem este vinho. Logo chegarás a Borgonha Côte D’or-(França), Casablanca (Chile) Oregon (EUA) Central Otago (Nova Zelândia), Compre-os e prove-os. Sabe porque eles são bem diferentes um do outro, mesmo estando dentro do mesmo estilo…

ENTENDA DE GEOGRAFIA

Sem entender mapas, localizações , geografia de solos, não se entende o que é o terroir. Este senhor podemos defini-lo como sendo Solo+Clima+Relevo+Intervenção humana. A videira é um vegetal e como tal gosta mais deste ou daquela região. Mais ou menos altura, mais ou menos insolação, se plantadas no sol nascente ou poente, tudo influencia na uva. Esta uva, certamente tem o DNA de uma Pinot Noir, mas em cada local ela se mostra diferente em detalhes. E, detalhes movem o mundo.

Assim de mapas na mão, hoje há vários recursos para tanto, passe a entender um pouco mais dos locais onde estão plantadas estas uvas.

Dá próxima vez que entrar na loja encha o peito com galhardia e peça: Quero um Pinot Noir de Central Otago. Sabendo, desde já o que te espera.

mathua

Dominou geral a Pinot Noir? Ok, mas não vamos ficar só numa uva ou estilo de vinho. Um mundo nos espera. Quem vai pelos mesmos caminhos chega nos mesmos lugares.

Mais dicas para aumentar seu horizonte.

NÃO TENHA PRECONCEITO

Einestein disse: Mais fácil eliminar um átomo do que um preconceito. Nos vinhos não tenha preconceito com estilos de vinhos, se branco, de sobremesa, espumantes ou fortificados. Abre seu mundo sensorial para novas experiências. Principalmente, não tenha preconceito com os vinhos deste ou daquele país. Todas as grandes regiões do vinho, como Douro, Côte D’Or, etc garantem bons vinhos mas não pessoas honestas. Vinhos desequilibrados vais encontrar em qualquer lugar, portanto não é monopólio desde ou daquele país. Repare que eu escrevi “vinhos desequilibrados” e por que?

NÃO SE TORNE UM ENOCHATO

Não existe vinho ruim. Existe vinho estragado ou não. De resto é paladar. Se alguém gosta de vinhos suaves (adocicados) por conterem açúcar de cana é o gosto dele. Claro que este horizonte de prazer pode e deve se expandir. O que existe são vinhos desequilibrados. Com o tempo vais saber, na boca, quais são. Menos ou mais álcool, menos ou mais acidez, enfim, elementos que o tornam desarmônico. O grande defeito de um vinho.

Não invente aromas que nunca cheirou ou sabores que nunca experimentou. Fica desagradável a quem houve. Parece que o outro sempre descobriu algo que não percebi. Ora, não percebeu é porque, na maioria das vezes não tem, simples assim.

Não tente dar aulas e inventar histórias estilo, estas uvas foram colhidas na mesma época da reprodução de borboletas ou algo parecido. ENTENDA E ACEITE QUE O VINHO É ALGO SIMPLES alguns complicaram de tal maneira que uma bebida popular em alguns países tornou-se um quebra-cabeças para muitos. Simples como esta roda.

aromas 1

Eu disse que o horizonte de prazer pode ser expandido, mas como…

ENTENDA QUE NÃO SE BEBE VINHO PELA BOCA DOS OUTROS

Cada vez que apreciares um vinho verás que é uma experiência organoléptica única, o palavra complicada. Complicada, sim, mas que pode ser traduzida como experiência sensorial individual. Cada apreciador de vinho tem sua história de aromas e sabores que remetem ao passado de cada um de nós que, simplesmente, é completamente diferente de quem está ao teu lado. Em degustações coletivas impossível todos sentirem os mesmo aromas e sabores, pior ainda, as mesmas sensações organolépticas  que é  o vinho nos trazendo sensações aos órgãos do sentido, como paladar, olfato.

Jamais tenha a impressão de um vinho pela boca dos outros. E, por favor, dê uma segunda chance a ti e ao vinho. Muitas vezes não gostamos de um vinho, mas naquele dia não estávamos nas melhores condições de entender o amigo vinho, Dê uma nova oportunidade.

Assim vais entendendo o mundo do vinho. Mas cuidado, as vezes vinhos elaborados com a mesma uva, da mesma região são muito diferentes. Mãos de enólogo, Como uma assado feito com a mesma carne feita por assadores diferentes.

Como estas versões da mesma música. Portanto, por mais que se entenda, estude, prove, reprove e teste, o vinho em suas mais variadas versões, sempre podem surpreender. Aliás gosto de dizer aos que querem me ajudar nas lojas. Me surpreenda com um vinho

Vou de Pinot Noir da Borgonha.

Wes ao fundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s