VIOGNIER – A SENHORA ABSOLUTA DO RHÔNE NORTE


UVA VIOGNIER

Nativa do Rhône suas características são singulares, amanteigada, untuosa, floral e perfumada, para mim, no quesito aroma, só tem duas sérias concorrentes, as alsacianas  Gewürztraminer e a Pinot Gris.

Esta untuosidade deve-se aos bons índices de álcool e a baixa acidez.  Plantados em poucos hectares torna-se um vinho caro, até mesmo para os padrões locais.

Em solos graníticos com invernos moderados a fortes e verões quentes com boa regularidade de chuva as vinhas são plantadas em patamares de costas para o norte a fim de proteger os vinhedos dos fortes ventos gelados.

Como disse, na Argentina e  no Chile tornou-se a uva branca do momento, mas os que apreciei  de modo algum raspam na qualidade da Viognier do Rhône.

Estranha-se sua baixa acidez, mas depois acostuma, além de ser excelente companheira para muitos pratos condimentados. Típicos da alta gastronomia de Lyon, como dito bem pertinho dali.

Por último Château Grillet seria uma espécie de região demarcada dentro da região demarcada de Condrieu. Dali, em apenas 3,5 hectares sai o melhor Viognier que este planeta pode produzir. Rico, charmoso, untuoso e com a especial característica de ser seco e levemente adocicado ao mesmo tempo. Aromas que lembrar pêssego maduro e damasco.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s