PINOT MEUNIER – A FIEL DA BALANÇA


UVA PINOT MEUNIER

Sabe aquela sessão de jazz onde há um instrumento de fundo. Ninguém nota nele no início, mas ele está em todas as bandas, em todas as sessões e sem ele perde a graça?

Assim é a Pinot Meunier. Raramente em solo, fundamental no corte.

É a uva que dá o toque final ao Champagne. Entra em menor parcela no corte tradicional do vinho.

Chamada na Alemanha de Riesling Negra a Schwarzrieling, mas de genética diversa da Riesling. É, na verdade, uma prima da Pinot Noir e está, em termos de sabores e aromas entre a Pinot Noir e a Gris. Menos cor e aromas que a Noir.

Aporta ao corte tradicional do Champagne acidez sem perder o açúcar necessário. Plantada em locais mais frios de Champagne onde a Chardonnay e a Pinot Noir não aguentariam.

Detalhe, como não envelhece bem não é usada no corte dos Champagnes que, necessariamente, devem descansar antes de serem lançados no mercado.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s