ARINARNOA UMA GRATA SURPRESA


UVA ARINARNOA

Conhecem esta uva? Para nós brasileiros parece nome de origem indígena. Mas ela tem origem no País Basco, portanto, não é francês, não é espanhol, é basco.

Significa vinho luminoso. Arin (luminoso) Arno (vinho). Inicialmente pensou-se ser cruzamento da Merlot com a Petit Verdot, mas estudos de DNA recentes a veem como o cruzamento entre a Tannat e a Cabernet Sauvignon.

De orgiem basca, portanto algo entre a fronteira francesa e espanhola. Em princípio duas uvas que se deram muito bem no sudoeste francês que, digamos, não muito forte em termos de viticultura, principalmente se a compararmos com outras regiões francesas mais afamadas.

Pois bem, este cruzamento nos trouxe uma uva com taninos firmes, mas não rústicos como os da Tannat. Algo herbáceo vindo da Cabernet Sauvignon.

Traz também a força que tem para evitar doenças e fungos, como as uvas que deram origem.

Precisa de um bom manejo de campo para que possamos ter uvas amáveis a serem vinficadas. Seus vinhos costumam ter boas doses de taninos, cor escura e aromas vegetais.

Adaptou-se perfeitamente bem no Uruguai, Chile, Argentina, e, principalmente Brasil. Na região da Campanha Gaúcha eu creio que será uma das grandes uvas tintas. Gosta de invernos rigorosos e verões ensolarados, típico do clima continental da região.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s