PRIMITIVO A UVA PEREGRINA


UVA PRIMITIVO

A Puglia além das oliveiras centenária seu belíssimo mar nos traz a Primitivo.

Também conhecida nos Estados Unidos como a Zinfandel, que, aliás, os americanos a tem como casta ícone.

Uva antiga na região da Puglia que após a silenciosa revolução no plantio e técnicas de produção nos trazem vinhos muito bons.

Outros dizem ser ela nativa da Croácia com o nome de Crjenak Kastelanki. Verdade é que é uma uva do Cáucaso e espalhou-se pelo Mediterrâneo encontrando na Puglia solo ideal.

Apareceu nos Estados Unidos com nome germânico graças ao Império Austro – Húngaro que nos seus tempos de domínio a trouxe da Croácia.

O que nos interessa é que gosta de muito sol e tem o amadurecimento tardio, portanto perfeitamente adaptada ao clima da Puglia. 

A mais representativa Primtivo vem da Manduria, região ao sul da Puglia e a 10 quilômetros do Mar Jônio. A Primitivo di Manduria é um vinho de corpo médio a denso, de cor escura e acidez média/alta, o que se traduz em vinhos de boa longevidade e muito companheiros para a variada gastronomia local.

Eu gosto muito dos vinhos desta casta, principalmente, pelo preço, sensivelmente mais baratos que seus afamados irmãos do norte. Realmente recomendo que se  experimente vinhos com esta casta, além de muito bons têm uma tipicidade bastante forte, eis que afora os Estados Unidos, desconheço outro país produtor de vinhos que utiliza esta casta.

Vejam onde ela nasceu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s